recordações que guardo caminhando por ai...

29 de maio de 2010

E o tempo passa...


Tempo que passa, que voa, que vem
De um pulo assalta a infância
E ao jovem ameaça
As asas podar

Vejo como passou a infância
Os quitutes doces mágicos
O pula-corta e o bambolê
Os sonhos de fada meu bem-querer

As pessoas passaram e muitas vão passar
Por esse curto suspiro
Que quer a todos assustar
Mas que por se perde no vento a voar


Chegou a porta responsabilidade
Novos caminhos a desbravar
A saudade fica mas a curiosidade triplica
De um futuro que vem a chamar
Aprender uma semente cuidar

Viver um dia de cada vez
Aproveitar os sorrisos da vida
Sabendo que no mundo nada fica
Mas no Criador acho saída

Quando as velhas correrias assustarem
Lembro da boneca e do picolé
Lembro do primeiro amor e do cortejo
Lembro que há muito que ainda vou lembrar
A flor ainda está a brilhar

E o que acaba sempre existe
Mas Aquele que existe não tem fim
E quando as rugas sabedoria
Os sonho casamento e a criança ninar
Ainda terei um mundo a desbravar

Por que voar não é sonho e sim ação
Mas porque viver no futuro
Se um presente eu ganhei
O presente do presente
A vida que vamos a dançar

Só a um Eterno
Só a um futuro que quero
E desse testifico
Por enquanto só vivo.

13 de maio de 2010

Uma carta a Deus


Deus, faz um tempo que quero te escrever essa carta...estou com saudade, mas não sei como dizer o que quero dizer. O Senhor me conhece melhor do que ninguém, sabe a angústia do meu coração, o sonho frustrado ou mesmo o não frustrado que está difícil de acreditar. Pai, eu tenho medo e tristeza em olhar pra juventude da sua Igreja, a Igreja de Cristo. Eu cresci naquela igreja, eu te conheci ainda pequena e comecei a sonhar com o seu Reino. Eu amo estar lá, amo aquelas pessoas, amo o Senhor e sei que nos ama, mas... algo está faltando. Lembro de como a juventude era a 10 anos atrás, sei como é agora.. nada mudou, e se mudou não foi muito louvável. Será que estou sonhando demais? Porque ninguém acredita quando digo que quero ver um povo louvando ao Senhor de todo coração, quando quero ver jovens de joelhos buscando santidade, tendo repúdio das coisas mundanas mas amando o pecador, vivendo um avivamento do amor? Por que riem quando creio que a Igreja pode ser um canal de bênção, que toda a cidade vai falar da alegria que vem daquele povo e que isso começou no meio dos jovens? Nossa, nosso filme deve estar queimado mesmo, não é Deus? Como é difícil achar alguém que invista na juventude da sua igreja. Como é difícil achar alguém que sonhe. Antes eu culpava a liderança, a tal diretoria, mas vejo que eles até tem razão por estarem desmotivados.Claro! Não há quem aguente viver 5 anos de sonhos, investimentos, dedicação de tempo e amor que são pisados por um povo incrédulo. Mas nós, a liderança, também temos falhado muito, Não conseguimos ir adiante, acreditar que as coisas podem ser diferentes, bolar novas estratégias. Deus, sabe o que eu concluo? Só você pode mudar alguma coisa, só você pode dar estratégia e nos fazer amar. Não sei quando, nem através de quem, mas sei que é Você o nosso dono. Pai, posso te pedir uma coisa? Responda essa carta, que é mais uma oração, e que na verdade é um clamor. É possível mudar? É possível ainda ter esperança  que o seu amor é maior que o coração humano incrédulo e vazio de sonhos? Devemos continuar investindo, mesmo sabendo como era 10 anos atrás? Mesmo vendo que nada mudou até agora apesar de todo esforço? Mesmo achando que da que 10 anos ainda vai estar do mesmo jeito? Jovens que só se preocupam com aparências, só querem saber de ficar e ficar e ficar, que ouvem mas não escutam, que têm seus corações endurecidos, que aceitaram a mesmice e não conhecem o que é viver em Você (e mesmo se conhecem, dizem não). Não, eu preciso crer. Mesmo que acreditar seja crer em milagres, mesmo que todo mundo diga "vá com calma, você vai quebrar a cara... de novo...", eu prefiro crer do que me contentar em ver sua Igreja viver pra ela mesma e esquecer do seu projeto de amor. Se isso está errado Deus, me diga. Se temos feito algo errado, nos mostra. Se falta quebrantamento, eis-me aqui, dá uma olhada no coração que está escrevendo essa carta: ele ama você e quer ver o seu agir. Mostra de novo, em nossa época, os teus sinais, para que vejamos que ainda é o mesmo Deus (eu sei que é). Por que não acreditar? Que seja Você a me dar um banho de água fria se eu estou indo pelo caminho errado, se o que tenho acreditado é vão. Muda a sua Igreja, Jesus! Nos coloca nos trilhos que o Senhor construiu para gente andar. Somos um trem que tem agido como navio e está submergindo há anos! Esquentando cadeiras, fechando os olhos, trancando-se entre paredes que dizem ser a igreja, mas são apenas paredes frias. Nos levanta Deus, levante Seu povo para ser SEU povo e não um povo qualquer que diz ser Seu por que já virou hábito dizer. Chega! Tenho medo que esse seja só mais um chega dos muitos que já disse. Por que não muda? O que falta? União? Humildade? Santidade? O Teu Espírito? Tudo? Pouco? Ouve o meu grito de socorro Deus! "Eu escolho crer, eu decido crer, na suprema grandeza de Suas mãos".
Amém.